- MONTANA HYDRO

Acessibilidade na Hotelaria – Como Promover uma Estadia de qualidade

Como Projetar um Banheiro Acessível
15 de julho de 2020
Vendas Remotas São Uma Das Tendências Pós-Covid No Varejo
12 de agosto de 2020
Show all

Acessibilidade na Hotelaria – Como Promover uma Estadia de qualidade

Acessibilidade na Hotelaria
Como Promover uma Estadia de qualidade


Acessibilidade na hotelaria para cadeirantes


Além de rampas de acesso, cadeirantes precisam de alguns cuidados especiais que não são tão óbvios no momento da construção. Às vezes, inclusive, rampas não bastam se o seu hotel tem escadarias íngremes logo na entrada. Nesses casos, vale a pena orçar algum tipo de elevação mecânica.

Outra coisa a se pensar é a entrada dos ambientes. Portaria, portas de quartos, banheiros, elevadores e qualquer local de circulação precisa ser largo o suficiente para que uma cadeira de rodas possa passar.

Alguns dos quartos também devem ser adaptados, a fim de tornar a presença do hóspede mais cômoda. Isso inclui adaptar o banheiro, inserindo barras de apoio e corrimão para facilitar o uso do chuveiro e do vaso, por exemplo.

Acessibilidade na hotelaria para deficientes visuais

Outra coisa a se pensar é a entrada dos ambientes. Portaria, portas de quartos, banheiros, elevadores e qualquer local de circulação precisa ser largo o suficiente para que uma cadeira de rodas possa passar.

Você já teve a experiência de hospedar uma pessoa cega? “Geralmente eles se viram”, você pode pensar. Não, senhor. É muito importante facilitar a vida dessas pessoas. Afinal, como qualquer outro hóspede, elas querem comodidade!

A saída inicial e mais lógica para atender a esse tipo de cliente é dispor de informações em braile desde no folheto de atendimento inicial até em elevadores, portas de quartos, entrada de locais (como academia, piscina e outras atividades de lazer do hotel). Isso evita que a pessoa fique constrangida ao pedir ajuda a estranhos. Disponibilizar o máximo de informações em braile dará liberdade e autonomia aos cegos hospedados em seu hotel.

É possível ainda instalar piso tátil, um tipo de revestimento aplicado no chão que ajuda os cegos a se localizarem e a se locomoverem com a ajuda da bengala que

Acessibilidade na hotelaria para idosos e gestantes

Pessoas na “melhor idade”, gestantes e obesos muitas vezes aproveitam o tempo para viajar e curtir outros locais. Isso significa que você deve dar atenção especial a elas.

Além de rampas e corrimãos, o que mais você pode fazer para melhorar a vida desses hóspedes? Veja algumas soluções simples:

• Evitar que as pessoas tenham de passar por muitos degraus diminui os riscos de tombos.

• Em dias de chuva, o chão fica liso? Não basta colocar avisos: invista em pisos antiderrapantes.

• Dispor de um ambulatório para atendimentos rápidos e gratuitos e encaminhamento médico adequado pode ser uma “mão na roda”.

• Treinar os funcionários para ajudarem idosos a subir e descer dos carros na entrada do hotel mostra mais que cordialidade, mostra preocupação com o ser humano.

Planeje ambientes acessíveis e adaptados no hotel

A acessibilidade nos diversos ambientes do hotel é um critério indispensável, que está presente decreto Nº 9.296 e na NBR 9050. Sobre os dormitórios, o empreendimento deve atentar nas dimensões de espaço, como para acesso, circulação e manobra. Também é preciso pensar no mobiliário, na altura de alcance dos utensílios, na fechadura da porta, olho-mágico e afins. No banheiro, as barras de apoio em posições estratégicas são essenciais. Assim como, chuveiro, pia e vaso sanitário adaptado. O acesso as áreas comuns também deve ser planejado, com rampas, elevadores adaptados, pisos táteis e demais condições necessárias para oferecer total conforto e segurança aos hóspedes.

Tenha os recursos necessários para atender os hóspedes

No decreto Nº 9.296, consta alguns itens importantes que o empreendimento deve oferecer ao hóspede, quando solicitado. Por exemplo, cadeiras de roda, cadeiras adaptadas para banho, materiais de higiene com embalagens em braile, informativos disponíveis em braile, materiais com fontes ampliadas e outros recursos que estão listados no documento oficial. Sendo indispensável para o hotel a aquisição e manutenção desses produtos adaptados.

Aplique treinamentos para orientar o atendimento da equipe

Além dos itens obrigatórios e da acessibilidade nos ambientes, é importante para a experiência do hóspede o atendimento da equipe. Para orientar os colaboradores do hotel, busque aplicar treinamentos que auxiliem na recepção e na assistência necessária. Trabalhe a comunicação com a sua equipe e evite transtornos ao hóspede. Afinal, o atendimento é um dos fatores essenciais para que ele retorne para uma próxima estadia.

Implemente tecnologias para auxiliar na acessibilidade

A tecnologia pode ser uma aliada para acessibilidade no seu hotel. Com ferramentas tecnológicas você pode facilitar alguns procedimentos para o hóspede. Como implementar fechaduras eletrônicas nos quartos para simplificar a entrada e saída da acomodação. Também é importante investir em televisões com receptores de legenda e audiodescrição. Da mesma forma, as áreas comuns também precisam de atenção. Nesse sentido, o hotel pode oferecer computadores com sistemas e programas adaptados.

Checkout: o momento de dizer até logo!

Certamente você quer que seus hóspedes retornem e indiquem sua empresa para mais pessoas. Considerando que 15% da população tem algum tipo de deficiência, esse é um excelente público em potencial. Então, aproveite a despedida para conquistar de vez o coração do cliente com deficiência.

No dia do checkout, ou mesmo na noite anterior, vale a pena perguntar à pessoa ou ao seu acompanhante se ela precisa de algum atendimento especial na hora da saída. Da mesma forma, diga ao cliente que quando ele estiver pronto para sair basta avisar que alguém irá buscar toda a bagagem.

Ah, por último, não se esqueça de pedir uma gentileza. Solicite à pessoa com deficiência para que ela preencha um questionário de satisfação, assim como você faria com qualquer hóspede. E vá além: insista que, caso ela tenha qualquer sugestão, indique nos comentários do questionário. Afinal, nada melhor do que uma pessoa que vive certas dificuldades na pele para dizer como seu hotel pode melhorar.



Cookies

Nós armazenamos algumas informações sobre navegação através de cookies, para saber o que agrada prover uma melhor experiência no nosso site para quem mais importa: VOCÊ! Saiba mais sobre nossa política de privacidade e cookies. Mais informações, clique AQUI.