- MONTANA HYDRO

Planeje Sua Obra Com Eficiência

Como Utilizar o Classic Blue Na Decoração
13 de agosto de 2020
WhatsApp libera QR Code para empresas que dispensa número do telefone
26 de agosto de 2020
Show all

Planeje Sua Obra Com Eficiência

 

Para começar a construir, é preciso considerar diversos fatores. É fundamental estar preparado para todas as etapas que o processo envolve, a fim de garantir que tudo ocorra conforme o planejado.

Não ter o conhecimento básico pode gerar transtornos e elevar os gastos da obra, certo? Por isso, preparamos um checklist com as 6 fases mais importantes no período inicial da construção. Confira agora!

1.ª fase: planejamento

Todas as etapas da construção devem ser muito bem planejadas. Se possível, elabore uma planilha para armazenar as informações — elas o acompanharão do início ao fim do processo.

Estabeleça o cronograma da obra. Separe todas as etapas estipulando o prazo e o orçamento de cada uma delas. Leve em conta fatores como a previsão do tempo, pois ele pode atrapalhar a execução.

Defina todos os equipamentos, materiais e serviços que serão necessários e quanto cada um custará. Seja realista — procure ter uma margem para imprevistos. Nessa hora também vale buscar opções de financiamentos.

2.ª fase: projeto

A elaboração do projeto deve ser feita por um arquiteto ou engenheiro ainda na fase do planejamento. A planta do imóvel ditará todos os materiais e equipamentos necessários para a construção.

Normalmente com o custo de aproximadamente 6% do valor total da obra, o projeto contará com o desenho do imóvel, desde a disposição dos cômodos até as partes hidráulica e elétrica. Fatores ligados à estética, à segurança e à preservação do meio ambiente também fazem parte.

Procure deixar claro para o profissional como você deseja que o imóvel seja feito. É tarefa dele considerar as suas exigências e gostos, além de oferecer soluções para melhorias.

3.ª fase: regularização e taxas

Com o projeto em mãos, a próxima fase é buscar a permissão junto à prefeitura para dar início à construção. Esse processo é burocrático e pode ser lento, por isso mesmo também deve ser considerado no planejamento.

O arquiteto responsável pelo projeto poderá apresentá-lo ao órgão competente, juntamente à matrícula do terreno. Com a aprovação e o pagamento das taxas exigidas — que variam conforme o município —, a prefeitura liberará um alvará que permite iniciar a obra.

Começar sem as devidas autorizações pode gerar multas e até mesmo o embargo da construção. Por isso, siga todas as exigências à risca!

Com o imóvel finalizado, você ainda precisará de mais um documento — o habite-se. Ele é expedido depois de uma vistoria que conferirá se a construção foi feita conforme o projeto aprovado.

4.ª fase: orçamento

Antes de contratar qualquer serviço ou comprar equipamentos e materiais, é uma boa ideia fazer diversos orçamentos. Mesmo que a primeira opção pareça boa, tenha sempre mais alternativas.

Ao solicitar cotações para fornecedores, peça que todas venham por escrito. Lembre-se de considerar também valores extras, como o frete dos materiais. Sempre que possível, tente negociar preços e condições.

5.ª fase: contratação da mão de obra

A equipe faz toda a diferença para o resultado final, não é mesmo? Seja criterioso ao escolher os profissionais que trabalharão na sua obra — o arquiteto que elaborar o projeto poderá dar indicações.

Negocie como os trabalhadores serão pagos. Geralmente, profissionais de construção trabalham por hora ou por etapa. A mais indicada é a segunda opção, pois oferece maior garantia de que o prazo seja cumprido com pontualidade.

Acerte os valores com antecedência e deixe tudo registrado em papel — você trabalhará com pessoas que não conhece, ter cautela na contratação é saudável.

6.ª fase: compra de materiais

Ao comprar os materiais para a construção, pesquise várias opções e dê preferência à qualidade. Mesmo que o investimento seja um pouco maior, itens com boa durabilidade apresentam vantagens a longo prazo.

Você tem muito material para comprar, desde a parte de fundação, como tijolos, cimento, areia, brita, lonas, até os acabamentos e finalizações. Mais uma vez, o profissional que fez o projeto poderá assessorar nessa tarefa.

Agora que você já sabe o que precisa para começar a construir, procure acompanhar todo o processo da obra. Aja como um fiscal rígido — além da qualidade, exija também que os profissionais respeitem as regras de segurança.

Espero que o nosso checklist possa ter te ajudado a iniciar o seu projeto.

Cookies

Nós armazenamos algumas informações sobre navegação através de cookies, para saber o que agrada prover uma melhor experiência no nosso site para quem mais importa: VOCÊ! Saiba mais sobre nossa política de privacidade e cookies. Mais informações, clique AQUI.